• WhatsApp
  • Setembro Amarelo
  • Audiência Pública: Prestação de Contas da Secretaria Municipal de Saúde
Imprimir
PDF

Auxílio-alimentação aprovado em primeira votação

O retorno da Câmara aos servidores públicos foi rápido. Em primeira votação, o auxílio-alimentação, com as mudanças sugeridas pelos membros da comissão de Legislação, Finanças e o Sinsej (Sindicato dos Servidores Públicos de Joinville) foi aprovado. Um dos itens mais importantes para os servidores é que o reajuste do auxílio (que é de R$ 150) siga o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Segundo projeto de lei nº 95/11, que versa sobre o tema, apenas servidores com salário base de R$ 1.500 tem direito.

O vereador Belini Meurer, que havia se abstido de votar, recuou e acompanhou os demais vereadores, aprovando as mudanças. “Nesta tarde, não tinha os subsídios necessários para votar. Conversei com minha assessoria e concluí que as reivindicações são justas”, analisou o parlamentar. O projeto de lei nº 95/11, com as emendas ao parecer da comissão de Legislação, seguem para a comissão de Legislação, Justiça e Redação para o texto final. O projeto passará por uma segunda votação. Sendo aprovado, segue para o Executivo Municipal, que poderá vetar ou sancionar a lei.{jcomments on}

Leia Mais

Imprimir
PDF

Comissão questionará PMJ sobre caso de dengue

Por Felipe Faria.

A Comissão de Saúde da Câmara de Vereadores de Joinville realizará amanhã, dia 11, duas reuniões, a partir das 15h, uma ordinária para discutir os assuntos que já estavam previstos em pauta, e outra extraordinária para avaliar o impacto da notícia confirmada hoje pela Secretaria de Saúde de que foi registrado o primeiro caso de dengue contraída dentro dos limites de Joinville.

Os vereadores Patrício Destro e Zilnety Nunes abordaram o tema na tribuna, durante a sessão que está em curso neste momento. O vereador Adilson Mariano, presidente da Comissão de Saúde, acatou pedido dos colegas parlamentares para que a Câmara entre no assunto. Mariano pretende convocar os chefes dos setores responsáveis pelo combate à doença na Secretaria de Saúde.

De acordo com o Jornal Notícias do Dia, em sua versão na internet, 48 focos do mosquito transmissor da doença, o aedes aegypti, foram encontrados na cidade, neste ano, pelo menos 56% deles no bairro Aventureiro. Já o Jornal AN diz que a doença acometeu uma mulher de 58 anos, que passa bem.

A dengue, em sua tipificação mais grave, a hemorrágica, pode levar à morte. Para evitar a proliferação do mosquito transmissor, basta evitar o acúmulo de água parada em vasos, pneus, garrafas e outros recipientes. Caixas d’água devem ser mantidas fechadas. Plantas como as bromélias acumulam água nas folhas: fique atento a isso também.

Mais informações sobre a doença e sobre como evitá-la, acesse http://www.combatadengue.com.br/

Imprimir
PDF

Auxílio-alimentação discutido nas comissões

O auxílio-alimentação destinado aos servidores públicos de Joinville deve ser reajustado anualmente e não poderá ser inferior ao INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Este é o entendimento dos vereadores da Câmara de Joinville, em especial, os que integram as comissões de Finanças e Legislação.

Nesta tarde, em reunião conjunta entre as comissões de Finanças e Legislação, os vereadores apresentaram uma emenda ao parecer da comissão de Legislação referente ao projeto de lei nº 95/11, de autoria do Executivo. O projeto versa sobre o auxílio-alimentação para os servidores ativos e agentes comunitários de saúde. Segundo o Sinsej (Sindicato dos Servidores Públicos de Joinville), o projeto do Executivo não contempla o que havia sido acordado, ou seja, o reajuste do auxílio-alimentação não seria anual. “Espero que a Câmara tenha a coragem para derrubar um possível veto do prefeito à emenda”, salientou Ulrich Beathalter, presidente do Sinsej.

Os vereadores e representantes do Sinsej acordaram em anexar a emenda ao parecer para aprovação do projeto. A emenda (parecer nº 200/2011) foi lida em plenário e aprovada pela maioria. O vereador Belini Meurer se absteve de votar. O próximo passo será a aprovação em plenário. O desejo dos vereadores e servidores públicos, que compareceram em massa na CVJ, é que o projeto, com a emenda, seja aprovado na sessão ordinária de hoje. Pela comissão de Legislação compareceram os vereadores Juarez Pereira, Patrício Destro, Tânia Eberhardt e Maurício Peixer. Representaram a comissão de Finanças os vereadores Joaquim Alves dos Santos, Belini Meurer, Jucélio Girardi e Zilnety Nunes. Os vereadores Odir Nunes e Adilson Mariano acompanharam os trabalhos das comissões.{jcomments on}

Foto: Nilson Bastian

Imprimir
PDF

Presidente participa de encontro da 3ª idade

O vereador Odir Nunes representou a Câmara de Vereadores de Joinville, no encontro do grupo da 3ª idade do Centro Social Urbano (CSU), do bairro Itaum, na manhã de hoje, que reuniu cerca de 150 idosos para comemorar o Dia das Mães. O evento iniciou com a celebração de uma missa, ao meio-dia foi servido um almoço a base de risoto de frango e carreteiro. No período da tarde foi realizado um baile e um café com “cuca”. Ao ser convidado para transmitir sua mensagem, o presidente do legislativo, Odir Nunes enalteceu a organização dos idosos e também do Conselho do CSU e lembrou que reivindicará que a estrada Rio do Morro seja designada “Rodovia Vereador Pedro Moreira Cabral”, político muito conhecido no bairro por Pedrinho Cabral, falecido há dois anos. Nunes conversou com a viúva de Pedrinho, Joraci Cabral que agradeceu o empenho do parlamentar em homenagear seu marido. Pedrinho era representante comercial e elegeu-se vereador num período (1961-1966) em que existia um forte acirramento entre o seu partido, a UDN e o PTB que era o preferido dos moradores da Zona Sul. Pedro foi o 1º vereador da UDN no “ninho” do PTB, pois era muito popular e engajado pela causa pública.{jcomments on}

Foto: Nilson Bastian

Imprimir
PDF

Grupos de mães conhecem a Câmara

Cerca de 30 coordenadoras de grupos de mães da Uni-mães se reuniram, na manhã de hoje, no plenarinho da Câmara de Vereadores, onde foram recepcionadas pelo presidente da casa, vereador Odir Nunes. Elas conheceram as dependências da câmara e foram informadas sobre as atividades dos vereadores, das comissões e demais setores que compõem o legislativo. A presidente do Instituto Amar, Valquíria Lenert e a coordenadora de cursos, Clarice Maria Vieira apresentaram oito oportunidades de cursos para mulher – babá, cabeleireira, camareira, economia doméstica, garçonete, informática, manicure, pedicure e pintura em tecido e tela – disponibilizados pela entidade, gratuitamente. Para Odir Nunes, hoje, milhares de mulheres mantêm seus lares, sustentam e educam os filhos, “cada vez mais as mulheres se destacam no mercado de trabalho, daí a importância da formação em cursos profissionalizantes que proporciona melhores salários”, enfatizou. O parlamentar lembrou que, a mulher já possui em sua natureza a prática de saber administrar e começa em casa onde ela já sabe qual é a porção a cozinhar para determinado número de pessoas, isso proporciona mais facilidade para o seu desempenho profissional. O Instituto Amar, é na rua Recreativa da Antarctica, 301, no bairro Glória. Telefone 3433-9857.{jcomments on}

Foto: Nilson Bastian

Portal da Transparência

Você pode acompanhar toda a prestação de contas da Câmara de Vereadores de Joinville por meio dos menus ao lado. Para mais informações, com base na Lei de Acesso à Informação, utilize o e-mail.

transparencia@cvj.sc.gov.br