• Siga a CVJ nas redes sociais

O que fazer para evitar contágio pelo novo coronavírus

Por Sidney Azevedo.

Câmara de Vereadores de Joinville
Arte da ONU
Na semana passada Joinville viu ser confirmado o primeiro caso do novo coronavírus na cidade. É um homem de 57 anos que contraiu a doença em viagem à Europa. Familiares e pessoas próximas a ele estão sob supervisão da Secretaria de Saúde.

Conforme a Secretaria de Comunicação da Prefeitura, o município aguardava, nesta segunda-feira, os resultados de exames para 17 casos suspeitos.

Mas a pergunta que fica é: o que cada um de nós pode fazer para se cuidar e não ser infectado pelo novo coronavírus (Covid-19)? Quais são os cuidados que podem reduzir a rápida circulação do vírus?

Em nível individual algumas das medidas que podem ser tomadas, conforme a Organização Mundial de Saúde, são as seguintes:

Higiene pessoal

Lavar as mãos com água e sabão ou com álcool em gel frequentemente. Esses cuidados podem matar o vírus que eventualmente esteja nelas.

Evite o máximo possível tocar em olhos, nariz e boca, especialmente na impossibilidade momentânea de lavar as mãos. São as principais portas de entrada para o vírus.

Pratique a etiqueta da tosse e estimule sua prática. A etiqueta da tosse consiste em evitar tossir nas palmas das mãos e passar a fazê-lo na dobra do cotovelo ou em lenços descartáveis. Não deixe de estimular as pessoas ao seu redor a fazer o mesmo.

Distanciamento social

Manter distância de pelo menos um metro (aproximadamente dois passos) de outras pessoas, especialmente de pessoas que estejam tossindo ou espirrando.

Nessa mesma linha, você deve substituir apertos de mão e abraços por gestos que não tenham contato pessoal, como acenos e inclinações de cabeça. Há muitas formas de se cumprimentar outras pessoas.

Cuidados médicos

Caso você não se sinta bem ou tenha somente um dos seguintes sintomas (febre, dores de cabeça ou garganta e tosse seca), permaneça em casa. Porém, se você tiver febre, tosse e dificuldade para respirar procure um médico imediatamente. Aqui em Joinville, a orientação da Secretaria de Saúde é que você vá aos postinhos de saúde ou aos PAs.

Que diferenças há entre distanciamento social, isolamento e quarentena?

Muitas pessoas têm visto os casos mais drásticos de redução de movimentação das pessoas que ocorreram na China e que estão em andamento atualmente em países como Itália e Espanha e talvez se perguntem quais são as diferenças entre quarentena e isolamento, entre outras palavras novas que as notícias estão trazendo para o vocabulário popular com a crise do Covid-19.

Vamos começar pelo distanciamento social. Trata-se de um ato individual para evitar tanto a contração do vírus quanto o seu espalhamento para outras pessoas. Ela acontece quando as pessoas voluntariamente deixam de manter proximidade com outras pessoas e passam a evitar abraços e apertos de mão.

O isolamento, por outro lado, envolve as pessoas diretamente doentes, com sintomas ou suspeitas de terem o vírus. O isolamento, por sua vez, é também uma medida prevista na Lei Federal 13.979/2020, e trata-se de uma ação orientada por um médico ou agente de vigilância epidemiológica.

Ela dura 14 dias e o paciente assina um termo de consentimento livre e esclarecido sobre a necessidade de permanecer aquele tempo em casa ou hospitais conforme a indicação médica.

O que ocorre em locais como China e Itália é uma situação de quarentena. Ela é imposta por autoridades médicas e sanitárias estatais e são mais rigorosas sobre as atividades da população.

Na lei federal aprovada em fevereiro a quarentena está definida como “restrição de atividades ou separação de pessoas suspeitas de contaminação das pessoas que não estejam doentes”. Ela pode durar 40 dias, mas também se estender até a redução da transmissão comunitária (quando a doença é transmitida dentro do país).

Conforme a lei, que tem validade apenas durante o estado de emergência internacional pelo novo coronavírus, as condições e prazos de uma quarentena são determinadas por ato do ministro da Saúde.

Portaria municipal

Em menos de três dias, Joinville já tem sua segunda portaria para controlar o espalhamento do novo coronavírus (Covid-19) na cidade. A secretaria da Saúde orienta que sejam cancelados, adiados ou suspensos eventos e atividades que resultem no agrupamento de pessoas. E em todas as situações deve-se dispensar e evitar a participação de idosos.

Agrupamento, na nova portaria, são reuniões com 250 ou mais pessoas em ambiente aberto, e 100 ou mais pessoas em ambientes fechados.

Caso esse tipo de eventos e atividades não possam ser cancelados, o que a Secretaria recomenda é que em ambiente aberto haja uma distância mínima de um metro entre as pessoas (ou dois passos, para facilitar). Em ambientes fechados, essa distância dobra: dois metros (ou quatro passos).

Os cuidados mais restritivos em ambientes fechados se justificam porque o vírus pode se espalhar mais rapidamente nesses espaços.

É preciso recordar que o espalhamento do vírus (que é altamente contagioso) pode pôr em risco o bom funcionamento do sistema de saúde para cuidar de emergências. Ou seja, é preciso que você pense também em todos os demais cidadãos e que não aja de forma individualista neste momento.

A estabelecimentos de saúde públicos e privados também é recomendado que estagiários que não sejam de programas de residência médica ou multidisciplinar sejam dispensados.

Um último ponto da portaria é sobre medidas preventivas a museus e espaços culturais. Visitas escolares devem ser canceladas ou adiadas, bem como as visitas de crianças, idosos e portadores de doenças crônicas. A limpeza de banheiros e áreas de exposição deve ser ampliada e o número de visitantes deve ser restrito a dez por vez.

Essas normas e recomendações devem durar enquanto se manter o estado de pandemia do novo coronavírus.
Reprodução autorizada desde que citada como fonte a Divisão de Jornalismo CVJ. Acompanhe nossas notícias também em facebook.com/cvjtv.

Notícias Relacionadas


Se você quer fazer uma correção, sugestão ou crítica, envie um e-mail para Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Portal da Transparência

Você pode acompanhar toda a prestação de contas da Câmara de Vereadores de Joinville por meio dos menus ao lado. Para mais informações, com base na Lei de Acesso à Informação, utilize o e-mail.

transparencia@cvj.sc.gov.br